A pandemia de Covid-19 mudou os hábitos e a rotina social do mundo todo. E isso, claro, impactou as jornadas das empresas. No mercado de Arquitetura não foi diferente. Com isso, o trabalho home office para arquitetos se tornou a opção para continuar produzindo.

Se por um lado as obras paralisaram, por outro, o trabalho criativo pode continuar existindo através de videoconferências com os clientes, parceiros e com a equipe do escritório de arquitetura.

Definitivamente, são novos tempos e as lições e desafios vão sendo assimiladas dia após dia para que as decisões sejam tomadas com consciência.

Manter uma rotina de trabalho em casa também é desafiador, pois cada profissional tem um contexto pessoal de vida.

Reunimos neste post algumas dicas práticas de home office para arquitetos que você pode testar no seu dia a dia e esperamos que contribua para sua produtividade. Continue lendo e confira!

Dicas de home office para arquitetos

home-office-arquitetura

O trabalho em equipe é uma premissa na área de Arquitetura, mas nem por isso ele se perde com o isolamento social.

Com as dicas de home office para arquitetos que separamos, você vai perceber que a internet e as soluções digitais são grandes aliadas para continuar se inspirando e mantendo contato com os colegas. Vamos começar:

1- Defina um espaço para trabalhar

Manter-se produtivo no home office para arquitetos será um desafio diário. Por isso, escolha um cantinho sem muito movimento da casa para colocar sua mesa.

De preferência, próximo a uma área de saída para aproveitar a luz natural e a circulação de ar ou o melhor lugar que você tiver próximo disso.

Evite a mesa de uso comum da família onde são feitas as refeições, pois será mais difícil acostumar os familiares ao seu novo modus operandi de trabalho.

Então escolha o lugar mais sossegado possível para colocar a mesa, a cadeira e o computador para realizar suas funções.

Lembre-se: seguindo as recomendações dos órgãos de saúde, mantenha um vidrinho de álcool em gel 70% e higienize a superfície da mesa, os acessórios e o celular diariamente.

2- Defina uma rotina de trabalho

Não é porque você adotou o home office para arquitetos na sua empresa que toda a rotina de trabalho presencial no escritório se perde.

O primeiro passo importante é definir como será a jornada de trabalho. Todos vão manter os mesmos horários? 

Essa definição é importante, principalmente, quando a equipe é maior. Assim, todos ficam confortáveis para mandar mensagens, e-mails e marcar reuniões durante o período de trabalho.

Quem é autônomo tem mais liberdade em relação ao horário, mas é importante definir e informar clientes e parceiros quando você estará disponível. 

Dessa forma, você orienta seus clientes atuais e mantém as portas abertas virtualmente para atrair novos clientes

Por fim, ter uma rotina em casa ajuda a manter a produtividade e a motivação do ambiente de trabalho, reservando as horas pós-tarefas para outras atividades.

rotinas-criativas-infografico

Rotinas criativas de figuras inspiradoras | Infográfico: Info We Trust.

3- Aproveite o poder da nuvem

Os serviços de armazenamento, softwares e aplicativos na nuvem são o que vai manter a sua empresa funcionando.

Sim, o home office para arquitetos será muito mais eficiente se você tiver acesso a todos os documentos e arquivos digitalizados e os programas de arquitetura disponíveis.

Algumas informações de trabalho que podem estar na nuvem são:

Transfira cópias dos projetos para a nuvem

Se esse recurso ainda não era utilizado por você ou na empresa para a qual você trabalha, agora ele é mais útil do que nunca. 

Pegue todos os arquivos dos projetos em andamento e salve cópias em um serviço de armazenamento na nuvem.

Os mais conhecidos são Google Drive e Dropbox, mas existem várias opções para guardar seus arquivos com segurança.

Guarde arquivos e documentos da empresa na nuvem

Além das cópias de projetos, os arquivos gerenciais da empresa e de uso interno também pode ficar acessíveis em uma pasta no serviço de armazenamento que você adotar.

Modelos de contrato, apresentações, papel timbrado, etc. Tudo que for necessário compartilhar deve ficar acessível para a equipe trabalhar com agilidade.

Compartilhe e colabore com os colegas pela nuvem

Fez um texto ou montou uma apresentação e quer dividir com um colega para que ele possa dar sua opinião sobre o material e fazer sugestões.

Usando ferramentas colaborativas baseadas na nuvem, fica mais fácil trocar ideias. Algumas opções são o Microsoft 365 (por assinatura), os arquivos Google disponíveis no G Suite e o Dropbox oferece essa funcionalidade.

4- Mantenha a comunicação próxima

O isolamento social necessário neste momento está impedindo a comunicação presencial, mas não a comunicação como um todo.

As empresas que já usavam serviços de chat para manter a comunicação interna como o Google Hangouts, para quem usa o G Suite, o Skype ou o Slack podem estender essa ferramenta para o contato com o cliente.

Assim, você aproveita melhor, principalmente o recursos de videoconferência para fazer reuniões com a equipe, apresentar projetos e propostas para os clientes. 

Essas ferramentas são fáceis de usar e permitem manter uma comunicação ágil, clara e eficiente.

5- Tenha tempo para você

O autocuidado é um conceito importante para se ter atenção durante o home office para arquitetos.

A rotina e a maioria das dicas das quais falamos neste post vão ajudá-lo a manter seu trabalho em dia, com produtividade e motivação.

Porém, estando em casa é preciso ter um cuidado extra para equilibrar a rotina profissional com a doméstica.

Para os profissionais com filhos, outras demandas exigirão a atenção. Para quem mora sozinho as necessidades são outras e para quem mora com os pais e/ou irmãos também.

Por isso, tenha um tempo no dia ou durante a semana para dedicar a você e se desconectar um pouco do trabalho:

– Leia sobre outros assuntos do seu interesse;

– Assista filmes inspiradores;

– Pratique uma atividade física;

– Cuide da sua alimentação.

Descubra o que te ajuda a relaxar e invista nessa atividade!

Gostou das nossas dicas de home office para arquitetos?

Estamos diante de um momento delicado globalmente, mas para manter o equilíbrio precisamos nos colocar na posição de aprendizes e refazer nossa rotina, preservando onde já acertamos.

Esperamos que essas dicas possam ajudá-lo nesse período. E se você tiver mais segredos para tornar o home office para arquitetos mais produtivo, deixe sua sugestão nos comentários!