Conhecer as principais tendências em arquitetura corporativa é muito importante para planejar bons locais de trabalho.

Dessa forma, o ambiente será aconchegante e bonito, trazendo motivação e produtividade aos funcionários.

Um trabalhador fica pelo menos 8 horas por dia dentro de um escritório. Por isso, um ambiente acolhedor e confortável faz toda a diferença.

Pode promover uma atmosfera mais agradável e, inclusive, uma boa relação entre colaboradores e clientes.

Um bom espaço influencia no profissionalismo e na identidade da empresa. Mas, como isso funciona na prática? Vamos a um exemplo. 

Imagine que você é um cliente do escritório e está prestes a ter a reunião mais importante do ano. 

O que te deixaria mais confortável: entrar em uma sala de reunião bem projetada e ampla ou em um local que mal tem cadeiras para os visitantes?

Se você ficou com a primeira opção, já entendeu a importância de um espaço agradável para realizar reuniões e outros encontros. 

Afinal, é nele que serão tomadas as grandes decisões que podem mudar os rumos da companhia!

No post de hoje, listamos 7 tendências em arquitetura corporativa. Confira a seguir e entenda porque é importante investir nelas:

Tendências em arquitetura corporativa

1. Estilo industrial

escritório estilo industrial

Esse estilo, que nasceu com base nas antigas fábricas de Nova York nos anos 50, tem sido aplicado em muitos projetos, tanto corporativos quanto residenciais. 

Suas principais características são as superfícies acinzentadas, que lembram o concreto e podem ser aplicadas nas paredes ou no piso.

Espaços amplos com cara de galpões, além de encanamentos e vigas aparentes, fazem parte do visual. 

As tendências em móveis para escritório seguem a mesma linha e trazem o cinza do concreto para as superfícies da mobília.

A dica aqui é tomar cuidado para não deixar o ambiente frio e impessoal. É preciso saber equilibrar esse lado industrial com móveis de cores mais quentes e vibrantes. 

Além disso, é necessário saber trabalhar proporções e cores entre a mobília e o espaço, para que as salas da empresa fiquem charmosas.

Combinar o concreto com paredes de tijolinhos pode ser uma saída para não carregar a mão. 

A arte de rua, como o graffiti, também é um elemento relacionado a esse estilo e pode suavizar o aspecto industrial do ambiente. Quadros e peças com tal abordagem são excelentes opções para quem deseja seguir a tendência.

2. Retrô

Não é apenas no vestuário que esse estilo tem ganhado espaço: a estética retrô anda surgindo com força também nas decorações corporativas.

Móveis clássicos das décadas de 50, 60 e 70 podem dar mais personalidade ao ambiente. Peças com aspecto laminado complementam o visual. Experimente usar cores vibrantes, como o amarelo, para dar uma cara mais antiga aos cômodos.

Os ladrilhos hidráulicos em espaços como a cozinha da empresa também são indicados para esse estilo. Papel de parede e eletrodomésticos que lembram os tempos mais antigos podem fazer a diferença. 

Mas, aqui também é preciso bom senso para não pecar pelo exagero.

3. Fun design

escritório estilo fun design

Urbano e jovem, essa tendência faz alusão à cultura pop e traz mais humor aos ambientes. Trata-se de um estilo de decoração contemporâneo e com mais personalidade, indicado para empresas jovens e irreverentes.

Pôsteres, estampas, quadros com mensagens politizadas e até mesmo referências tropicalistas marcam o visual. Peças inusitadas e detalhes divertidos tornam o ambiente mais ousado. Aqui, vale apostar em cores mais fortes — inclusive na mistura das paletas.

4. Low poly

As combinações geométricas, tão habituais no design gráfico, vêm fazendo parte também da arquitetura corporativa. Esse estilo tem ganhado espaço para tornar os ambientes mais divertidos e marcantes.

Mais do que apostar nos revestimentos, os móveis, aqui, são transformados em perfeitos polígonos, como triângulos, trapézios e losangos. 

Essa tendência é muito reforçada pela inovação de materiais, como, por exemplo, nas variações de padrões em madeira ou na diversidade de ladrilhos de diferentes proporções.

A forma mais fácil de adotar esse estilo é nos papéis de parede estampados e nos pisos. O prisma também é uma tendência, podendo variar de material e utilidade.

guia prático de decoração para escritório

5. Alto brilho

arquitetura corporativa com móveis de alto brilho

Outra tendência que anda invadindo os ambientes corporativos é o design de móveis acetinados ou de alto brilho. 

Os tons mais usados são o cinza e o rosa, por serem mais versáteis e combinarem perfeitamente com madeiras e cores mais frias.

As variações do rosa são ideais para ambientes com um toque mais romântico. Então, antes de planejar, é recomendado verificar se o estilo desejado para a ocasião seria este. 

6. Estilo ecológico

O movimento do design ecológico é uma vertente da decoração sustentável que vem ganhando cada vez mais importância entre as empresas. O eco design segue a concepção de que, antes de tudo, é fundamental observar a maneira como o design afeta o dia a dia das pessoas.

Não se trata de pensar apenas na concepção do produto: é preciso considerar as etapas de produção, distribuição, consumo e descarte. 

Para seguir a tendência, é essencial escolher materiais menos poluentes ou não tóxicos, que requerem menos energia na fabricação e tenham menos impacto no meio ambiente.

Objetos reaproveitados, como garrafas de vidro, vasilhas de plástico e caixas de papelão, são a base para esse estilo. Mesas feitas com caixotes de feira, lâmpadas usadas como vasos e estantes feitas de papelão são alguns dos exemplos. E engana-se quem pensa que esses objetos são de segunda mão!

7. Serendipity

Mais delicada e minimalista, essa tendência resgata elementos provençais, como cerâmicas, porcelanas, flores, muito branco, acabamentos crus e tecidos confortáveis.

A palavra “serendipity” significa “coisas boas que acontecem por acaso”, ou seja, o estilo é dotado de muito acolhimento e simplicidade.

O segredo aqui é suavidade e naturalidade — nada em excesso. Cores pastéis e madeiras, por exemplo, são perfeitas para esse estilo. 

Trata-se de um tipo de decoração que prioriza a vida mais simples, mas sempre com bastante elegância.

Tendências em arquitetura corporativa pós-pandemia

A pandemia pegou todos de surpresa e trouxe mudanças inesperadas em diversos setores. Isso aconteceu principalmente com a arquitetura corporativa.

Afinal, muitas pessoas deixaram os escritórios para trabalhar em suas casas.

E quais são as adaptações que os ambientes de trabalho precisam fazer para que seus colaboradores trabalhem com segurança?

Para seguir as recomendações de saúde, arquitetos terão que dar atenção a alguns pontos:

  • Ventilação natural: mais do que nunca é preciso que o ar circule e seja renovado dentro das instalações, diminuindo o risco de contrair a Covid-19;
  • Mesas largas: é uma boa alternativa para que os colaboradores fiquem separados pela distância mínima recomendada de 1 metro;
  • Divisórias em acrílico ou vidro: para mais segurança, o ideal é que as pessoas sejam separadas também por divisórias;
  • Repensar espaços compartilhados: ambientes como copa e sala de reuniões precisarão passar por novos planejamentos para que o distanciamento social seja mantido.

Além disso, também está se tornando comum a instalação de totens com álcool em gel e sistemas para medir a temperatura corporal.

A dica mais importante é passar a ter um olhar voltado para a saúde em seus projetos. Garantir a segurança dos colaboradores sempre foi um fator indispensável, mas agora ganhou ainda mais importância..

O que achou das tendências em arquitetura corporativa?

Gostou das tendências em arquitetura corporativa que foram comentadas?

São ótimos estilos para trazerem um diferencial aos seus projetos, garantindo destaque e inovação.

Mas, uma dúvida pode surgir: como encontrar um fornecedor de móveis com a qualidade necessária para seguir estas tendências em arquitetura corporativa?

A resposta é simples: solicite um orçamento com a Marelli!

Nós estamos há 37 anos no setor de mobiliários para escritórios, oferecendo produtos de excelência única. Além disso, você conta com um pós-venda qualificado para o que precisar.

A Marelli tem mais de 30 lojas distribuídas pelo Brasil e América do Sul e uma loja virtual. Consulte qual é mais acessível para você!

Quer continuar acompanhando outras dicas sobre o assunto? Então curta nossa página do Facebook e não perca nenhuma novidade!