Investir em um bom mobiliário para coworking, que respeite das indicações de ergonomia e proporcione conforto e manutenção da saúde de seus locatários, deve ser uma das questões mais sérias para quem deseja projetar um coworking.

Segundo o Censo 2018 da Coworking Brasil o país já tem 1.194 espaços de coworking conhecidos, que movimentam mais de R$ 127 milhões. São 214 mil pessoas circulando e 88 mil estações de trabalho disponíveis. 

Com tanta demanda é comum que aumente o número de empreendedores que desejam investir no setor. Por isso, seja você um investidor ou arquiteto é importante que saiba que uma das maiores preocupações ao investir nesse negócio deve ser o mobiliário para coworking. 

Além das divisórias de escritório que serão usadas para organizar os vários ambientes de um coworking, as mesas, armários e cadeiras, precisam ser escolhidos de maneira a:

  • reduzir os efeitos dos riscos ergonômicos;
  • otimizar a produtividade dos profissionais que escolherem o seu espaço para trabalhar. 

Quando o assunto é ergonomia, é bastante comum que os empreendedores e arquitetos se lembrem da necessidade de cadeiras ergonômicas para escritório, que ofereçam:

  • apoio para as costas, para lombar, pescoço e braços;
  • permita mudar a altura; 
  • tenha amortecimento no assento. 

Entretanto, a ergonomia não está relacionada apenas a cadeiras, mas a todo o mobiliário para coworking. E é sobre isso que iremos falar neste artigo: como escolher móveis para coworking, que aliam funcionalidade, beleza e ergonomia. 

Leia mais em: Conheça os móveis para escritório que não podem faltar na empresa

Opções de mobiliário para coworking de acordo com o espaço

Entre os milhares de coworking que existem no Brasil e no mundo, cada um escolhe uma forma de organizar seu espaço, que será compartilhado. 

Para escolher o mobiliário para coworking que você vai utilizar é preciso primeiro conhecer as opções oferecidas pelo local que está sendo projetado. Entre as mais conhecidas estão: 

  • espaços 100% compartilhados, com um mesão e várias tomadas para cada profissional ir chegando e sentando;
  • mesas com divisórias, ou melhor, biombos, que oferecem um pouco mais de individualidade, mas ainda em local aberto;
  • salas privativas, que podem ser como um nicho ou mesmo como divisórias que separam uma sala da outra;
  • salas de reunião.

A seguir vamos apresentar opções de mobiliário para coworking (mesas, armários e gaveteiros) ideais para cada uma dessas categorias.

1. Ambiente 100% compartilhado 

Um espaço totalmente compartilhado é a forma mais pura de um coworking. Uma mesa ampla e com acesso à tomadas, que coloca um profissional do lado do outro. 

A melhor opção de mesa para esse tipo de espaço é a estação de trabalho no estilo plataforma. 

mobiliario para coworking

Plataformas Conecta Marelli

Um outro modelo de plataforma oferece uma pequena divisão no meio da mesa, proporcionando um pouco mais de privacidade, mas sem tirar a sensação de compartilhamento total do espaço. 

mobiliario para coworking

Plataforma OPEN Marelli

Uma outra opção para incluir no layout de um projeto para coworking é a mesa com regulagem. Ela permite que um profissional trabalhe certo tempo em pé, evitando que ele passe o dia todo sentado. 

mobiliario para coworking

Mesa com Regulagem de Altura Elétrica UP Marelli

Já os armários e gaveteiros, em geral, também são compartilhados. Uma opção para dar maior sensação de segurança é oferecer algumas gavetas de um gaveteiro para cada profissional, ou a cada dois profissionais, com chave. E manter o armário compartilhado. 

2. Um pouco mais de individualidade

É importante reforçar que não há necessidade de escolher um ou outro modelo de trabalho para o coworking que está sendo criado. Você pode aproveitar o seu espaço e criar diferentes formas de uso. Isso é bastante útil para oferecer diferentes possibilidades para quem for usar sua estrutura. 

Para profissionais que desejam um pouco mais de individualidade, mas ainda assim querem aproveitar o ambiente aberto e compartilhado, uma boa opção de mobiliário para coworking são as mesas do estilo biombo. 

Elas possuem uma divisória mais alta que estabelece limites mais claros para cada colaborador, mas ainda é um ambiente compartilhado. 

Nesse caso é possível oferecer um gaveteiro para cada mesa e manter os armários compartilhados entre todos do espaço.

3. Salas privativas dentro do coworking

Aqui estamos falando de um espaço realmente exclusivo. É como uma empresa separada de todo o coworking, mas que ainda habita dentro de sua estrutura. 

É possível criar essas “salas” com divisórias e portas, mas também existe a possibilidade criar essa divisão por meio da escolha de móveis para coworking que sejam específicos para isso.

No caso de escolher por divisórias, você pode optar por um mobiliário para coworking mais tradicional, como a mesa ilustrada abaixo. 

mobiliario para coworking

Imagem: Divisórias Time

mobiliario para coworking

Estação Gerencial Conecta Marelli

Em ambos os casos, armários e gaveteiros devem ser individuais.

4. Salas de reunião

Todo coworking deve oferecer uma sala de reunião para que seus locatários possam receber clientes e parceiros.

Essa é, inclusive, uma forma de aumentar o ticket médio de que utiliza seu espaço, afinal, você pode cobrar pelas horas usadas na sala. Outra sugestão é usar esse espaço como um diferencial, oferecendo algumas horas de uso da sala por mês como bônus no contrato de qualquer uma das estações de trabalho. 

As mesas de reunião devem seguir o restante da decoração do espaço e podem ser maiores ou menos de acordo com o que perfil de seus clientes e com o projeto que você construir. 

mobiliario para coworking

Mesa de Reunião Alta JOB

mobiliario para coworking

Mesa de Reunião OPEN Marelli

O que observar antes de escolher mobiliário para coworking

Em suma, entre os elementos que devem ser observados antes de escolher o mobiliário para coworking estão: 

  • o tamanho total do espaço;
  • as cores utilizadas em todo o ambiente, seja para a pintura de paredes ou em objetos;
  • tipos de espaços/escritórios oferecidos;
  • ergonomia.

Então, se chegou o grande dia e você tem o desafio de desenvolver aquele projeto de um coworking completo! É hora de colocar a mão na massa e recorrer às suas melhores habilidades. 

Mas aí já bate aquela dúvida, qual o melhor fornecedor dos móveis para esse projeto? 

É preciso pensar se a qualidade irá atender seu cliente, se terá a ergonomia adequada e até mesmo se vão entregar e montar no prazo!  

A Marelli sabe da importância e responsabilidade que você tem com seu cliente! 

Com o diferencial, oferecermos uma solução completa em assentos, mobiliário e divisórias piso teto, estamos prontos para atender a demanda do seu cliente de forma diferenciada!

Solicite seu Orçamento Agora! ← 

E conte com a qualidade e tradição de uma empresa que está a mais de 35 anos no mercado e possui mais de 30 lojas pelo Brasil e América do Sul!