O sucesso de um escritório de arquitetura é o resultado da soma de muitos esforços: boa gestão, qualidade no atendimento e uma rede forte. Para que essas redes sejam criadas de forma positiva, é essencial construir uma relação de confiança com os fornecedores.

As parcerias com outras empresas e prestadores de serviço fazem toda a diferença para o seu escritório de arquitetura. Ao escolher um fornecedor, portanto, é importante que você constitua uma série de valores fundamentais para a sua organização e para os seus clientes.

No post de hoje, listamos algumas dicas para ajudar você a acertar na hora de selecionar fornecedores para o seu escritório de arquitetura. Acompanhe!

Verifique o portfólio dos fornecedores

Avaliar os trabalhos e projetos já desenvolvidos pelos fornecedores é uma boa forma de verificar a qualidade deles. Confira as referências usadas, os materiais e se há um estilo específico que marca a atuação do fornecedor. Pesquise também se ele costuma ser fiel aos requisitos contratuais.

Além disso, é interessante conversar com quem já o contratou para saber se ele cumpre prazos e a sua forma de trabalhar. Muitas vezes, o fornecedor presta um ótimo serviço, mas se a relação com ele não for muito amigável, pode não valer o investimento. A convivência com fornecedores é desenvolvida com base em muitas variáveis, e isso sempre deve ser considerado.

Avalie a qualidade do produto final

Escolher um fornecedor exige uma atenção especial à qualidade do produto final que ele entrega. Não importa se ele fornece móveis, luminárias, tapetes, revestimentos ou qualquer outro item: é importante que o produto seja de qualidade e atenda às expectativas dos clientes.

O aspecto qualidade também é mais amplo do que muitas empresas pensam. É preciso considerar as relações de seus fornecedores, quem os abastecem com matéria-prima e até como eles lidam com toda a cadeia produtiva.

É essencial saber, por exemplo, se a empresa está atenta a questões ambientais e de responsabilidade social. Aspectos como o uso de madeira de reflorestamento e mão de obra registrada legalmente também denotam preocupação com a qualidade final do produto.

Confira se o fornecedor cumpre prazos

A sua empresa pode pegar um trabalho grande e complexo, mas se a entrega não for feita no prazo, sua reputação pode correr riscos. Para que tudo saia conforme o cronograma, é preciso escolher fornecedores que valorizem e honrem os prazos combinados. Esse é um aspecto essencial e que deve ser considerado ao escolher um prestador.

Para isso, mais uma vez, confira o histórico de entregas já feitas pelos fornecedores com outros clientes. Também é importante analisar a quantidade de trabalhos que eles pegam de uma vez e a estrutura que têm para atender essa demanda. Uma equipe pequena, por exemplo, dificilmente conseguirá entregar muitos projetos com um prazo apertado.

Considere custos e condições

Existem muitos fornecedores dos sonhos, mas é preciso que o preço dos produtos e as condições oferecidas também caibam no seu bolso. Por isso, avalie o custo-benefício dos produtos e faça a escolha de seus fornecedores com base nesse item.

Às vezes, vale a pena pagar um pouco mais para ter um produto diferenciado que nenhum outro aspirante conseguirá entregar, mas um serviço básico também pode ser feito por outra empresa por um preço melhor. Negocie e peça condições favoráveis de pagamento sempre que for possível.

Fortaleça a relação com fornecedores 

Encontrar uma rede de bons fornecedores é fundamental: quando isso acontece, portanto, a sua empresa deve buscar formas de fortalecer a relação entre ambos os lados.

Procure criar uma relação mais próxima com cada um de seus fornecedores, reforçando sempre as vantagens dessa parceria. Ofereça feedbacks constantes, converse sobre as entregas, fale sobre o retorno dos clientes, enfim, tudo que ajude a sua rede de fornecedores a se aperfeiçoar. Lembre-se que ter parceiros fortalecidos conta para o sucesso e a qualidade do seu próprio negócio.

É importante lembrar aqui que a distância física não é um impedimento para investir nessa relação. Se os seus parceiros se encontram em outra cidade ou estado, utilize recursos como WhatsApp, Skype, Google Hangouts ou outras ferramentas de comunicação gratuitas para agilizar o contato e se manter presente no decorrer dos processos.

Preze pela flexibilidade

Na hora de escolher um fornecedor, é importante cultivar uma relação de confiança. Para que essa relação seja conseguida, a flexibilidade é uma característica fundamental. Sabe-se que algumas condições externas podem influenciar o cronograma de projetos de arquitetura, um bom exemplo são as condições climáticas e o fornecimento de matérias-primas.

Nesses casos, é válido ter fornecedores que trabalhem com flexibilidade para que a sua entrega final não seja prejudicada. Manter uma relação aberta e amigável é algo precioso no mercado de arquitetura. Considere isso antes de contratar seus prestadores de serviço.

Assegure que o fornecedor está apto a prestar o serviço

Todo mercado está sujeito a ter fornecedores não habilitados a prestar o serviço a que se propõem. Os motivos vão desde a falta de documentação legal necessária para o funcionamento de uma empresa até a falta de treinamentos e certificações exigidas para entregar algum tipo de produto ou serviço.

Por isso, antes de fechar o contrato com um fornecedor, peça ao seu departamento jurídico que verifique todas as condições legais. Faça também a conferência para ver se as entregas são feitas de acordo com requisitos de qualidade, condições trabalhistas adequadas e aspectos fiscais exigidos. Todas essas variáveis se somam a um bom serviço.

Prefira quem está disposto a inovar

Se você avaliou o histórico de trabalhos feitos por determinado fornecedor e chegou à conclusão de que ele praticamente não inova, há algo errado. O mercado de arquitetura exige disposição para inovar e ousar sempre, seja por meio dos materiais usados, seja por meio do desenho do projeto em si.

Nessa área, é importante sempre buscar novas referências, acompanhar tendências e estar disposto a buscar o novo em cada detalhe. Ele precisa buscar alternativas que atendam às necessidades do mercado em geral. Dessa forma, opte por organizações que se mantêm abertas ao novo, em todos os sentidos.

Viu só como considerar alguns critérios simples antes de escolher um fornecedor pode fazer toda a diferença nos resultados do seu projeto? Se você precisa de uma empresa para executar um trabalho com qualidade e segurança, entre em contato conosco e solicite um orçamento!