Os desmatamento, o aquecimento global, o acúmulo de lixo no planeta são algumas das questões que colocam a sustentabilidade como o tópico número 1 das discussões atuais. O assunto toca no trabalho de diversos setores, criando movimentos importantes como o design de interiores sustentável.

Se antes a preocupação com de onde vem, como é fabricado e como reaproveitar, não eram pontos relevantes, hoje a arquitetura sustentável não dispensa essas respostas.

Tanto os arquitetos quanto os clientes estão cada vez mais conscientes de que escolher um mobiliário sustentável é uma opção mais viável do que qualquer outra.

Mas o que é o design de interiores sustentável? Envolve apenas a mobília? Quais dicas ajudam a gerar mais sustentabilidade na arquitetura de interiores? Continue lendo e tenha todas essas respostas!

O que é o design de interiores sustentável?

Quando se fala em design de interiores sustentável, o trabalho inclui muito mais do que escolher móveis e fazer a decoração com itens recicláveis.

A sustentabilidade na arquitetura de interiores envolve pensar em toda a cadeia produtiva desde como é extração da matéria prima, passando pela fabricação até como o produto pode ser reaproveitado no futuro.

As soluções de design de interiores sustentável também levam em consideração a eficiência no consumo de energia, reaproveitamento de água, iluminação natural, etc.

E hoje é possível priorizar todos esses pontos no desenvolvimento do conceito de um projeto de arquitetônico.

O impacto não diminui apenas no meio ambiente, também beneficia o bolso do cliente a longo prazo, com a escolha de soluções duráveis, eficientes e, claro, bonitas!

Quer ver como funciona esse conceito na prática e como criar uma decoração sustentável. Confira as dicas do tópico a seguir.

Como criar projetos com sustentabilidade na arquitetura de interiores

sustentabilidade-arquitetura-interiores

1 – Use uma paleta de cores clara

Esse dica favorece tanto os ambientes corporativos quantos residenciais. Diminuir o consumo de energia elétrica com soluções que aproveitam melhor a luz natural é uma preocupação do design de interiores sustentável.

Antes de pensar na mobília, converse com o arquiteto sobre a paleta de cor mais favorável para cada ambiente e quais cores podem ser usadas para favorecer o aproveitamento da luz ambiente.

As cores mais claras são o pulo do gato neste ponto, pois refletem mais luz e dão uma clareada extra, diminuindo a necessidade de lâmpadas acesas ao longo do dia. 

Usar móveis com superfícies que favoreçam a reflexão da luz também ajuda a criar ambientes mais iluminados. 

2 – Seja minimalista

O ditado “menos é mais” também faz parte do design de interiores sustentável. Afinal, não é preciso de muito objetos para criar uma decoração impressionante.

Com apenas o necessário para cada ambiente, consegue-se chegar a um design minimalista que ao mesmo tempo ressalta aos olhos.

O minimalismo inspira um design moderno, clean e dá a impressão de que nada do potencial do espaço está sendo desperdiçado.

Tenha bons fornecedores em diversos segmentos, com propostas diferenciadas no seu trabalho para indicar aos clientes.

Esse exercício será eficiente tanto para o seu trabalho quanto para o cliente, que ganha uma nova inspiração com seu projeto.

3 – Opte pelo mobiliário sustentável 

Sim, o mobiliário sustentável também caracteriza a sustentabilidade na arquitetura de interiores.

Hoje, já é possível encontrar no mercado empresas comprometidas com a sustentabilidade que reformam móveis antigos, criam novos a partir resíduos de outros materiais, reciclam para produzir, etc.

A mentalidade de jogar tudo fora e comprar tudo novo foi substituída pelos questionamentos: “como posso reaproveitar essa mobília?” e “tem alguma empresa de móveis usados na minha cidade?”.

O mobiliário sustentável é um freio no desperdício e na geração de lixo sem descarte adequado.

4 – Pense na eficiência energética

Neste tópico, o design de interiores sustentável reúne soluções para diversas áreas de um projeto.

Um dos primeiros pontos é a economia de energia elétrica que começa na criação da planta da construção ou da reforma. 

É o momento de pensar como o terreno ou espaço pode ser otimizado para a entrada da luz natural. Um projeto de iluminação com janelas grandes? Vidros eletrocrômicos?

Outro ponto que favorece o equilíbrio no uso das fontes de energia são lâmpadas mais econômicas como as fluorescentes e as de LED. O uso de sensores de presença também são úteis para que as luzes não fiquem acesas sem necessidade.

Não podemos esquecer também dos aparelhos eletrônicos em suas versões mais econômicas. O Inmetro avalia a maioria dos produtos, permitindo uma escolha mais consciente na hora da compra. 

A climatização dos ambientes também entra nesta parte, pois utilizando todas as soluções acima em um projeto de design de interiores sustentável, é possível reduzir a emissão de calor no ambiente.

Tudo que gasta mais energia, também libera mais calor para o espaço. Ou seja, ar condicionado ligado por muito mais tempo. 

Assim, é possível pensar em cortinas e persianas de materiais naturais para bloquear o calor nos dias de sol intenso e até no vidro eletrocrômico como opção de decoração sustentável.

Veja uma demonstração do funcionamento do vidro eletrocrômico no vídeo abaixo:

5 – Economize água

Hoje, torneiras e chuveiros modernos possuem sistemas que ajudam a economizar água durante o uso.

Se você não pode trocar todos os itens durante uma reforma, existem peças que reduzem a pressão da água, reduzindo a vazão.

Assim, você evita o desperdício e consome menos energia também. Os designs de produtos mais novos já são projetados para o uso eficiente.

Outro dica que ajuda na economia de água em projetos de design de interiores sustentável é instalar uma waterbox.

Esse produto funciona como uma mini cisterna e alguns modelos podem armazenar até 100 litros de água limpa da chuva ou do reuso de outras atividades.

O caixa do produto é feita de material reciclado e atóxico, ideal para imóveis em ambientes urbanos, inclusive prédios.

Design de interiores sustentável: um mundo de opções!

Falamos de apenas cinco soluções do design de interiores sustentável, mas reparou no tanto de soluções que existem dentro de cada uma?

E o mercado oferece muito mais possibilidades para criar projetos ainda mais alinhados com os princípios da arquitetura sustentável. Você só precisa ter os fornecedores certos com você.

Nós sabemos da importância e responsabilidade que você tem com seu cliente!

Com o diferencial de oferecermos uma solução completa em assentos, mobiliário e divisórias piso teto, estamos prontos para atender a demanda do seu cliente de forma diferenciada!

Solicite seu Orçamento Agora! ← 

E conte com a qualidade e tradição de uma empresa que está a mais de 35 anos no mercado e possui mais de 30 lojas pelo Brasil e América do Sul!

Imagens: Reprodução – manchestersfinest e bynaturedesign.