De acordo com o Censo Coworking Brasil, o mercado de coworking cresceu 500% em três anos no país e não parece que esse movimento está desacelerando. Por isso, se você está pensando em investir no setor, essa pode ser realmente uma ótima oportunidade. Entretanto, alguns detalhes merecem atenção no processo de como montar um coworking.

Um coworking corporativo é um espaço que reúne diferentes empresas e profissionais que trabalham independentes um dos outros, mas que dividem o mesmo teto, a internet, a cozinha, a equipe de manutenção, as salas de reunião e por aí vai!

O ambiente em geral é descontraído e a chances de você ter um bom faturamento são altas, mas alguns passos são importantes para você investir certo e alcançar o retorno desejado.

A seguir, listamos 7 etapas que consideramos indispensáveis no processo de  como abrir um coworking. Acompanhe! 

Como montar coworking de sucesso: passo a passo com dicas valiosas!

1. Faça uma pesquisa de mercado

Todo negócio deveria começar com uma pesquisa de mercado. O setor de coworking está em crescimento, mas será que na sua cidade ainda há espaço para mais um escritório compartilhado? 

Existe procura por esse tipo de local de trabalho?

Será que atender a algum nicho específico pode ser um diferencial?

Crie suas personas e entenda o perfil de cliente que buscaria seu espaço para trabalhar.

Se a sua cidade é pequena uma dúvida comum é se existem profissionais suficientes que buscam por um coworking. Para responder a essa dúvida, entre tantas outras, a pesquisa de mercado é fundamental.

No vídeo abaixo, o coworking no interior é o tema central. Vale conferir!

Busque apoio em órgãos de fomento como o Sebrae para entender o seu mercado e analisar o potencial de atuação.

Essa pesquisa vai te ajudar, inclusive a decidir o tamanho do local que você vai buscar para abrir seu escritório compartilhado. 

2. Organize-se financeiramente

Depois de entender o tamanho do seu mercado e quem são seus clientes é importante realizar um planejamento financeiro. Essa também é uma etapa importante para qualquer negócio e não é diferente quando tratamos de como montar um coworking de sucesso.

Um planejamento financeiro vai mostrar:

  • qual é a necessidade de investimento;
  • o valor necessários para capital de giro;
  • custos fixos que você terá;
  • custos variáveis.

Esse planejamento também pode te ajudar a definir qual o valor da mensalidade que você vai cobrar de quem vier trabalhar no seu espaço. Qual o valor mínimo para cobrir os custos? Qual a margem de lucro que você deseja alcançar?

Nessa fase você pode descobrir que vai precisar de um empréstimo ou de um sócio.

Em resumo, não comece seu negócio sem entender sua necessidade e capacidade financeira porque um abrir um coworking demanda investimento em muitos itens e você precisará estar preparado para isso.  

3. Defina o tipo de coworking

Existem diferentes tipos de coworking, alguns oferecem a possibilidade de aluguel de salas privativas, outros apostam em uma sala unificada com várias cadeiras e estações de trabalho coletivas.

Em alguns casos o coworking é voltado apenas para profissionais que trabalham sozinhos, outros possuem espaço para aluguel de salas privadas maiores que abrigam empresas inteiras.

Com certeza, escolher o tipo de coworking é um passo fundamental que irá guiar todas as próximas etapas de como montar coworking.

4. Encontre um local ideal

Encontrar um local para o seu coworking é desafiador e os critérios devem ser definidos por você, baseado no tipo de coworking que você deseja adotar (critério acima).

É bem provável que você precise realizar ajustes para que o local de adapte ao seu negócio.

As divisórias de escritório são ótimas opções para criar diferentes espaços e oferecer privacidade sem precisar de muito quebra-quebra

como montar coworking

Divisórias Time | Marelli

Se possível leve seu arquiteto para te ajudar a escolher o local que será comprado ou alugado. Ele vai te ajudar a visualizar cada ambiente de maneira a aproveitar melhor todo o espaço.

Um coworking não precisa ser um espaço muito grande, mas lembre-se que ele deve ser confortável, logo, se o ambiente for pequeno é provável que você tenha poucas vagas para aluguel. 

5. Monte um projeto arquitetônico completo

Você vai precisar de um arquiteto! Não pense nisso como um custo, mas sim como um investimento.

Por mais noção espacial que você tenha, o arquiteto é um profissional preparado para melhor aproveitar seu espaço, com isso, as chances de você ganhar mais locais para alugar (e ter um faturamento mais significativo), é maior quando você tem um auxílio profissional.

Além disso, são muitos espaços que devem ser projetados:

  • salas individuais;
  • salas para grupos de duas, três ou mais pessoas;
  • sala compartilhada;
  • salas de reunião;
  • banheiros;
  • espaços de convivência para realização das refeições e encontros, e mais.

como montar coworking

Caso você seja um arquiteto ou um empreendedor em busca de dicas para criar um projeto perfeito, é interessante que você acesse o artigo; “Como projetar um coworking: guia completo com 9 etapas do plano à execução”. 

6. Invista em decoração

A decoração de coworking é um item muito importante a ser considerado na fase de como montar coworking, até mais do que em outros tipos de negócios. Isso porque é a decoração que vai ditar o clima do ambiente, deixar todo mundo que está naquele espaço em sintonia, além de ser importante para os clientes de seus clientes.

A decoração agrega valor ao escritório compartilhado, pois cria identificação com o espaço de trabalho. Por isso, atente-se para os mínimos detalhes.

Quer saber mais sobre o que considerar na decoração de seu escritório compartilhado Acesse o artigo; “Decoração de coworking: 5 dicas para criar um ambiente moderno e produtivo” e anote todas as nossas dicas!

como montar coworking

7. Escolha móveis e cadeiras ideais

Por último, mas não menos importante: escolha móveis e cadeiras para escritório confortáveis.

É provável que você já tenha ouvido falar em ergonomia, se não saiba que esse é um fator muito importante para garantir a qualidade de vida de quem usa seu escritório diariamente.

A ergonomia é um estudo que se preocupa em entender a relação entre o corpo de cada indivíduo e seu ambiente de trabalho, buscando formas de tornar essa ligação mais saudável e prazerosa.

Se você trabalha o dia todo sentado, ter uma cadeira ergonomicamente correta vai garantir que suas costas não padeçam e com isso vai aumentar sua produtividade no ambiente de trabalho e rendimento.

como montar coworking

Cadeira Marelli | IN Wilkhahn

Quando alguém aluga um espaço dentro de um coworking, espera ter qualidade de vida ao trabalhar e por isso é fundamental para você considere a ergonomia ao listar os itens fundamentais para montar um coworking.

como montar coworking

Para realmente acertar nessa escolha, indicamos que você acesse o artigo; “Saiba agora como escolher os melhores móveis para coworking”.

Como montar um coworking: conte com os parceiros certos!

Se você está preocupado em como montar um coworking, você irá precisar de parceiro confiável como fornecedor de móveis, cadeiras e divisórias..

Mas, qual o melhor fornecedor dos móveis para esse projeto? 

É preciso pensar se a qualidade irá atender seu cliente, se terá a ergonomia adequada e até mesmo se vão entregar e montar no prazo!  

Ai já bate aquela dúvida, qual o melhor fornecedor dos móveis para esse projeto? 

É preciso pensar se a qualidade irá atender seu cliente, se terá a ergonomia adequada e até mesmo se vão entregar e montar no prazo!  

Nós sabemos da importância e responsabilidade que você tem com seu cliente! 

Com o diferencial de oferecermos uma solução completa em assentos, mobiliário e divisórias piso teto, estamos prontos para atender a demanda do seu cliente de forma diferenciada!

Solicite seu Orçamento Agora! ← 

E conte com a qualidade e tradição de uma empresa que está a mais de 35 anos no mercado e possui mais de 30 lojas pelo Brasil e América do Sul!