Você acabou de se formar ou, finalmente, decidiu que vai empreender e abrir seu próprio escritório de arquitetura? Esse é um desafio importante para sua carreira e seguir os passos iniciais corretamente vão ajudá-lo a manter o foco e fazer o negócio crescer. Continue lendo e saiba como abrir um escritório de arquitetura.

Por que abrir uma empresa de arquitetura?

Ter um um nome e um escritório famoso conhecido no mercado é o sonho de muitos profissionais de arquitetura. Quem além do talento para a criação de projetos se encanta por empreender, encontra um cenário aberto para isso.

Infelizmente, na graduação não existe uma disciplina de empreendedorismo para ensinar o bê-a-bá de como abrir um escritório de arquitetura. Então, essa parte vai exigir um pouco mais de dedicação.

Ter a própria empresa é um passo que precisa ser dado com consciência, pois a burocracia no Brasil é considerável e perder algum detalhe pode atrasar as coisas.

Se isso não faz você recuar na ideia, saiba que trabalhar para si mesmo, a favor da construção de uma marca pessoal e profissional forte vai te trazer sempre aquele sentimento de vitória todos os dias.

Antes de embarcar em qualquer decisão de negócio – e abrir um escritório de arquitetura é uma decisão GIGANTE – você precisa garantir que tem objetivos em mente para o futuro. 

Seus objetivos definem a direção e o foco do seu negócio. Eles permitem que você alinhe sua empresa com o que deseja para sua vida nos próximos anos.

As metas do seu escritório de arquitetura devem ser sempre SMART e podem estar relacionadas ao tamanho da empresa, à receita, ao tipo de trabalho que você deseja fazer ou onde deseja que a empresa esteja em um determinado período de tempo. 

Pense de 3 a 5 objetivos para o seu negócio. Eles podem incluir:

  1. Quão grande você quer que a empresa seja?
  2. Você quer se concentrar no trabalho com os projetos ou na gestão do negócio?
  3. Que tipo de projetos você quer assumir?
  4. Com que tipos de clientes você deseja trabalhar?
  5. Quanto dinheiro você quer gerar?
  6. Você quer vender a empresa em 5 anos?
  7. Você quer construir uma empresa que irá fornecer-lhe uma renda para os próximos 20 anos?

Como abrir um escritório de arquitetura

passos-abrir-escritorio-arquitetura

Se você pensou nas perguntas acima e conseguiu formular respostas para elas, você pode continuar a aprender sobre como abrir um escritório de arquitetura. 

Confira os passos para dar o pontapé inicial da carreira de arquiteto empreendedor.

1. Faça o registro profissional

Essa é para os novatos, mas vale reforçar que é fundamental para ter credibilidade, fazer o registro profissional junto ao Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) do seu Estado para conseguir trabalhar em todo o território nacional. 

Em 2010, a Lei Federal nº 12.378, foi acionada e passou a regular a profissão de arquiteto, suas atividades e deveres. 

2. Escolha um lugar para ser a sede

Outro passo importante de como abrir um escritório de arquitetura é a escolha do local de trabalho.

Ele deve ser acessível e bem localizado tanto para facilitar o acesso para o cliente quanto para a equipe de trabalho no dia a dia.

Pesquise os imóveis disponíveis na sua cidade, faça visitas e tenha em mente como planeja estruturar o local. Assim, você pode descartar aqueles locais em que não é possível alterar a estrutura ou que tem alguma restrição específica que atrapalhe seus planos para decoração.

Além disso, pense no requisito segurança. Tanto do imóvel quanto do bairro onde ele está localizado.

E vale também uma pesquisa sobre os concorrentes e onde eles estão localizados para pensar nos diferenciais em relação a localização ainda não explorados por ele e que você pode aproveitar. 

3. Faça os registros e emissões dos documentos legais

Chegamos na parte burocrática de como abrir um escritório de arquitetura. Esta é uma etapa cheia de detalhes. Por isso, redobre a atenção!

Se você não se sentir seguro em executar tudo sozinha, recomendamos a assessoria de uma contabilidade para fazer essa etapa.

1) Consulta comercial na prefeitura: o objetivo é garantir que o local escolhido para sede da empresa é permitido para o funcionamento da atividade que você vai executar.

2) Pesquisa de nome e marca: já imaginou ter um trabalho enorme para escolher o nome do seu escritório e já existir outro com o mesmo nome e marca? Vá até a Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade Simples) ou pesquise no site do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI). 

3) Arquivamento do Contrato Social/Declaração de Empresa Individual: caso você tenha um sócio, devem ir juntos a Junta Comercial ou Cartório (no caso de Sociedade Simples) para checarem os antecedentes de ambos na Receita Federal e registrarem o contrato social, caso esteja tudo ok.

4) Pedido do número de Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) na Receita Federal.

5) Se o escritório comercializar produtos, além dos serviços, é necessário requisitar na Receita Estadual o número de Inscrição Estadual.

6) Alvará de funcionamento ou licença e Registro na Secretaria Municipal de Fazenda para obter a permissão de atualizar no local escolhido e passar pelas inspeções padrão realizadas pela Prefeitura ou Administração Municipal e/ou Secretaria Municipal da Fazenda.

7) Solicitar enquadramento na Entidade Sindical Patronal, caso haja, e pagar anualmente a contribuição.

8) Fazer o cadastramento no sistema “Conectividade Social – INSS/FGTS” da Caixa Econômica Federal.

9) Fazer a regularização junto ao Corpo de Bombeiros Militar local.

10) Um escritório de arquitetura é considerado uma atividade de caráter público e precisam atender à legislação específica. São elas:

11) Código de defesa do consumidor. Seu escritório é um prestador de serviços e produtos, portanto, você deve ter conhecimento sobre Código de Defesa do Consumidor.

4. Estruture uma estratégia de marketing

Sua marca é pelo que você será reconhecido. É como a roupa que você usa para uma entrevista de emprego – ela apresenta uma imagem para clientes e colegas sobre o que sua empresa é. 

Uma das primeiras coisas que você precisa pensar depois de toda a burocracia do item 3 é começar a pensar na sua marca.

A menos que você tenha experiência como designer gráfico ou seja especialista em criação de marcas, é melhor contratar uma empresa ou profissional autônomo para cuidar disso para você. Converse com seus amigos e colegas – alguém já usou uma agência de branding?

A criação da marca da sua empresa irá abranger:

  • Seus principais valores de negócios
  • Seu logotipo e papel timbrado
  • Seu público-alvo: que tipo de clientes você está tentando atrair?
  • Cartões de visita
  • Fotografia
  • Criação de site e perfis em redes sociais: uma estratégia de marketing digital é crucial para vender mais com a ajuda da internet.

Leia mais sobre marketing no nosso post sobre ‘Marketing para arquitetos: 6 ações para se diferenciar no mercado’.

Vai abrir um escritório de arquitetura? Tenha os melhores parceiros!

Para abrir um escritório de arquitetura e ter sucesso é importante ter fornecedores de confiança para contar quando o primeiro grande projeto inaugurar as atividade da sua empresa. 

É preciso pensar se a qualidade irá atender seu cliente, se terá a ergonomia adequada e até mesmo se vão entregar e montar no prazo!  

Nós da Marelli sabemos a importância e responsabilidade que você tem com seu cliente! 

Com o diferencial de oferecermos uma solução completa em assentos, mobiliário e divisórias piso teto, estamos prontos para atender a demanda do seu cliente de forma diferenciada!

Solicite seu Orçamento Agora! ← 

E conte com a qualidade e tradição de uma empresa que está a mais de 35 anos no mercado e possui mais de 30 lojas pelo Brasil e América do Sul!