Toda a cadeia de construção ou reforma gera impactos no meio ambiente desde a extração das matérias-primas até o descarte dos rejeitos de obra. Com o passar dos anos, os impactos no meio ambiente tornaram-se visíveis. A partir disso, o conceito de arquitetura sustentável e materiais novos surgiram no mercado para tentar minimizar esse impacto.

Hoje, mesmo as construções que não seguem 100% os princípios da arquitetura sustentável, conseguem incorporar a sustentabilidade em escritórios, casas, prédios, etc.

Por isso, é fundamental que os profissionais de arquitetura estejam atualizados em relação às novas alternativas e tendências para tornar seus projetos mais sustentáveis.

Pensando nisso, reunimos a seguir o que a arquitetura sustentável tem de materiais mais inovadores no mercado hoje. Continue lendo e conheça essas alternativas!

Arquitetura sustentável: materiais de mobiliário e decoração

sustentabilidade-escritorios

A arquitetura sustentável pode ser incorporada desde a fase de construção, usando elementos de fundação preparados de forma a minimizar os impactos já na sua produção.

E a jornada se estende até a decoração sustentável, usando mobiliários feitos com matéria-prima reaproveitada de peças antigas ou de materiais extraídos com menor ou zero impacto ambiental. 

Conheça a seguir algumas dessas soluções de materiais da arquitetura sustentável:

1 – Tijolo ecológico

O tijolo ecológico é um dos materiais de arquitetura sustentável que ajuda a reduzir os impactos no meio ambiente desde a sua produção.

A massa desse tipo de tijolo é feita com restos de cimento, areia, terra e água. Esses materiais são sobras comuns na construção e viram base para novos trabalhos, reduzindo o desperdício e gerando economia de custos na produção e na venda.

Outra vantagem do tijolo ecológico é que as peças são moldados por uma prensa hidráulica. Esse processo gera menos impacto do que a fabricação tradicional, que usa fornos com queima de madeira que liberam gases poluentes.

O resultado é um material de arquitetura sustentável altamente resistente com a mesma capacidade de isolamento térmico e acústico.

Existem diversos formatos de tijolos ecológicos com várias formas de encaixe entre os blocos, o que também ajuda a economizar na quantidade de argamassa para assentar as peças.

2 – Argamassa de argila

Falando em argamassa, outro dos materiais de arquitetura sustentável é a argamassa feita de argila.

A principal diferença para a opção convencional é que ao invés do cimento usa-se a argila como material de ligação.

A argamassa de argila é perfeita para usar nos acabamento internos e podem ter um efeito visual incrível no projeto de arquitetura da construção — tanto residencial quanto corporativa.

O material tem excelente desempenho termoacústico e ajuda a controlar a umidade do ambiente.

3 – Tinta e material de acabamento biodegradável

A tinta é um material bastante poluente, pois nas fórmulas tradicionais a presença de elementos químicos é grande.

Mas como sempre existe uma boa solução para tudo, as tintas também se tornaram materiais de arquitetura sustentável.

Com fórmulas atóxicas, acredite, é possível produzir tinta a partir de fosfogesso, proteína do leite, pigmentos minerais e até de limão.

Além da tinta, outros materiais usados no acabamento das obras como cola, solventes, impermeabilizantes, vernizes e diluidores biodegradáveis, são produzidos a partir de fontes vegetais. 

4 – Lâmpadas de LED

Os projetos de iluminação de um ambiente de trabalho ou de uma casa são extremamente importantes para gerar economia e reduzir a necessidade de climatização.

As lâmpadas de LED surgiram como opção mais eficiente em relação às lâmpadas incandescentes — proibidas de circular no mercado brasileiro desde 2016. 

Além de criar um efeito visual mais bonito, outros diferenciais desses materiais de arquitetura sustentável é a durabilidade das lâmpadas (alguns modelos duram até 15 anos), dissipam menos calor e economizam até 80% de energia.

5 – Vidro eletrocrômico

O vidro eletrocrômico, também chamado de vidro inteligente, é um dos materiais de arquitetura sustentável mais inovadores do mercado.

Pode ser usado como divisórias para criação de salas ou das baias no espaço de trabalho.

A tecnologia do material permite o controle da passagem de luz e da transparência. Ainda regula a passagem de radiação UV e luz infravermelha do sol nos ambientes.

Isso gera mais conforto visual no espaço, evitando desconforto e problemas de visão, e deixando o local mais arejado, reduzindo o uso de climatização.

6 – Bambu

O bambu é um dos materiais mais versáteis de arquitetura sustentável. Sua utilização vai desde a fundação (entrando no lugar do concreto) até a criação de mobiliário sustentável — mesas, cadeiras, portas, pisos, etc.

Os bambus são resistentes e com o tratamento certo são bastante duráveis e podem ser usados tanto em área externas quanto externas. 

O cuidado é fazer uma base para não instalá-lo direto no solo, ajudando assim a preservar a estrutura da umidade direta e infestação de pragas como cupins.

O efeito visual do bambus em projetos de arquitetura ao ar livre é fantástico! 

7 – Madeira plástica

A extração de madeira gera a anos lutas incessantes, pois seu impacto atinge hoje grandes florestas como a Amazônica.

Por isso, buscar maneiras de diminuir esse impacto passar por buscar novas formas de ter um produto parecido.

A madeira certificada é extraída levando em conta critérios mais sustentáveis e a reposição posterior da área desmatada.

A madeira plástica, por outro lado, é feita a partir de resíduos de materiais que são reciclados e resultam em uma estrutura muito parecida com a madeira natural.

Ela pode ser usada na fabricação de decks para área externa, bancos, cadeiras, móveis, dentre outros usos.

A madeira plástica não cria farpas ou rachaduras e podem durar tanto quanto uma peça de madeira natural.

Arquitetura sustentável: mais propósito para seus projetos

Esses são apenas alguns dos muitos materiais de arquitetura sustentável que existem no mercado.

A sustentabilidade nos projetos pode e deve ir além da teoria e encontrar fornecedores que compartilhem esse ideal torna o trabalho anda mais satisfatório.

Nós sabemos da importância e responsabilidade que você tem com seu cliente! 

Com o diferencial de oferecermos uma solução completa em assentos, mobiliário e divisórias piso teto, estamos prontos para atender a demanda do seu cliente de forma diferenciada!

Solicite seu Orçamento Agora! ← 

E conte com a qualidade e tradição de uma empresa que está a mais de 35 anos no mercado e possui mais de 30 lojas pelo Brasil e América do Sul!