Conhecimento técnico, estilo apurado, competência para elaborar e executar projetos incríveis — essas características são fundamentais para o sucesso de um arquiteto. Porém, um outro aspecto essencial não pode ser negligenciado: a capacidade de encantar o prospect. Quer se aperfeiçoar nessa arte? Então confira as ótimas dicas de atendimento ao cliente que selecionamos neste post!

1. Saiba ouvir e perguntar

Como você sabe, arquitetura não é uma questão apenas de estética. A construção ou remodelação de um ambiente deve torná-lo perfeito para atender às necessidades do cliente e ainda refletir a imagem que ele deseja.

No caso da arquitetura corporativa, isso tem uma importância ainda maior. Aquele ambiente será o local em que a empresa receberá fornecedores e clientes. Portanto, tem um impacto significativo sobre a imagem da organização.

Por isso, antes de iniciar um projeto é preciso que você faça um briefing detalhado. Precisa realmente ouvir o cliente — conhecer suas necessidades, expectativas e desejos.

Porém, o arquiteto precisa ir além da habilidade de ouvir. Por falta de conhecimento técnico, muitos clientes sequer identificam a totalidade das necessidades que têm.

Cabe a você fazer as perguntas certas, garantindo que o cliente expresse todas as dificuldades e insatisfações que encontra no ambiente atual. Assim, você conseguirá apresentar soluções funcionais, surpreendentes e certeiras.

2. Tenha simpatia

Hoje as pessoas estão interessadas não só no resultado final, mas também na experiência que as empresas e profissionais oferecem desde o primeiro contato até a finalização de um projeto.

Por isso, é preciso tratar os interessados com simpatia, dosando formalidade e cordialidade de forma equilibrada. É fundamental desenvolver um bom relacionamento com o cliente, tratando-o da forma como gostaria de ser tratado.

Além da simpatia, é importante ter empatia: colocar-se no lugar do contratante, imaginar quais são as necessidades dele que podem ser atendidas pelo seu serviço e o que fazer para conquistar sua confiança e fidelidade.

Essa atitude transforma prospects em clientes, evita desgastes durante a realização do projeto, faz o consumidor retornar e ainda rende uma série de indicações. Experimente!

3. Atue com ética

Valorizar sua marca não implica desmerecer o trabalho de colegas ou parceiros. Mesmo que você veja falhas em um projeto anterior ou na solução apresentada por um concorrente, não precisa apontá-las dessa forma.

É muito mais interessante chamar a atenção para as vantagens do seu projeto e da sua abordagem mostrando ao prospect de que maneiras suas soluções atenderão às necessidades dele de modo mais abrangente, sem denegrir o trabalho de outros.

4. Solucione os problemas rapidamente

As pessoas que contratam um serviço sabem que imprevistos podem acontecer. Você também pode deixar isso muito claro na hora de fechar um contrato, mas é importante que se coloque à disposição para solucionar qualquer questão prontamente.

Essa atitude não pode ser apenas um discurso, realmente precisa ser praticada por você e sua equipe. Isso evitará que o cliente se sinta abandonado no momento em que mais precisa e fique insatisfeito com o atendimento.

5. Ofereça canais diversificados de comunicação

Com tantos meios de comunicação à disposição, simplesmente não há mais desculpas para a indisponibilidade. Por isso, é importante que o cliente tenha acesso ao seu escritório por diversos canais nos quais poderá expressar dúvidas ou pedir ajuda.

Devido à rotina, você nem sempre poderá atender instantaneamente. Prepare sua equipe para receber ligações e mensagens direcionadas e providenciar a primeira atenção, o que tranquiliza e satisfaz o cliente.

Assim, mesmo que não possa atendê-lo, ele receberá uma ligação ou mensagem da sua equipe perguntando o motivo do contato e colocando-se à disposição para agilizar a solução até que você esteja disponível.

6. Estabeleça parcerias com profissionais qualificados

Procure sempre trabalhar com profissionais que agregarão valor ao projeto e contribuirão para que o cliente tenha uma experiência positiva. Contrate funcionários competentes e comprometidos, mesmo que isso tenha impactos sobre o orçamento.

O mesmo vale para outras empresas com as quais você estabelece parceria: fornecedores de móveis, paisagistas, instalações diversas — todos devem atender aos padrões de qualidade, responsabilidade e conduta que sua marca oferece.

Assegure-se de que eles não comprometerão o resultado do seu projeto e a percepção do cliente, seja devido à qualidade do serviço prestado, ao cumprimento de prazos ou à forma de tratar e atender as pessoas envolvidas no processo.

7. Treine sua equipe

O cliente não terá contato apenas com você. Toda os colaboradores do escritório representam sua marca. Por isso, é fundamental treiná-los para que também sejam capazes de atender com a mesma cortesia e profissionalismo.

Capacite-os a prestar informações de forma clara e objetiva, mas ainda assim simpática. Oriente-os para que saibam a quem direcionar o cliente em cada situação que surge, evitando a perda de tempo e proporcionando satisfação.

Crie um canal (site, plataforma, aplicativo) em que todos tenham acesso às informações pertinentes sem que tenham que perguntar tudo, a todo momento. Mantenha-os atualizados e sinalize o que eles mesmos podem oferecer ao cliente e o que deve ser feito exclusivamente por você.

Essa descentralização permite que o cliente não se sinta ignorado. Afinal, seus funcionários podem solucionar suas dúvidas mesmo quando você estiver indisponível por participar de reuniões e eventos que inviabilizam o contato pessoal.

8. Capriche no pós-venda

O pós-venda envolve tanto o período em que o projeto é executado quanto o relacionamento com o cliente após a entrega.

Durante o projeto, vale a pena manter o contratante informado de cada passo que a equipe dá. Tome a iniciativa de falar sobre o andamento das obras e como o ritmo atual permitirá que elas sejam concluídas no prazo estabelecido.

Caso surja algum contratempo, seja também o primeiro a comunicar. Assim, o cliente tem a informação da fonte mais segura e evita a insatisfação de ter qualquer notícia desagradável a partir de terceiros.

Depois da entrega, também não se esqueça do cliente. Tenha a atitude cortês de enviar algum tipo de lembrança em datas especiais. Coloque à disposição dele conteúdos que possam ser úteis, de acordo com os interesses e necessidades que você já conhece.

Uma excelente forma de trabalhar o pós-venda é com a oferta de uma newsletter periódica, enviada por e-mail. Se o cliente for corporativo, aborde temas como o layout do ambiente de trabalho e produtividade, soluções para minimizar ruídos, etc.

Esta é uma estratégia para manter sua marca e empresa sempre na mente do cliente, agregar valor e até mesmo ajudá-lo a identificar outras necessidades que podem gerar novas demandas.

Gostou das nossas dicas de atendimento ao cliente para seu escritório de arquitetura? Quer ter acesso a outros conteúdos como esse? Então não perca tempo! Siga-nos no FacebookInstagram e LinkedIn e acompanhe novidades e dicas imperdíveis!