Toda empresa precisa se comunicar bem com o seu público, não é mesmo? E essa comunicação se dá por diversos pontos de contato, inclusive pelo ambiente e pelas percepções que o local desperta em quem circula por ele. 

É preciso considerar tal poder de influência na hora de desenvolver um projeto de decoração de escritório empresarial. Sofisticação, conforto e funcionalidade podem andar juntos, expressando a essência da marca e estimulando a produtividade dos colaboradores. 

Ao pensar em um espaço de trabalho, todo o projeto deve se voltar ao bem-estar, às condições saudáveis e aos recursos que tornem possível a fluidez das atividades de cada setor. Não basta ter um visual bonito e elegante: é preciso funcionar a favor da qualidade de vida no trabalho e, claro, do crescimento dos negócios. 

Mas será que a decoração é capaz de influenciar todos esses aspectos? E como colocar isso em prática? É o que vamos mostrar com as 7 dicas que selecionamos para você. Continue a leitura! 

1. Tenha em mente a cultura da empresa

Naturalmente, você vai querer um visual que demonstre todo o potencial de sua empresa, não é mesmo? Isso é ótimo, mas é preciso tomar cuidado para não embarcar em tendências de decoração ou estilos que não dizem quem é sua marca. 

Supondo que o escritório seja jovial e tenha um formato mais contemporâneo ou informal, um visual mais leve e vibrante, com cores fortes e objetos criativos, vai bem. Se você usar tons sérios e estilos clássicos, terá um ambiente deslocado da realidade de sua marca e correrá o risco de gerar um mal-estar entre os colaboradores (além de confusão na mente do público). 

Por falar nisso, uma decoração de escritório empresarial está diretamente ligada à sensação de pertencimento à cultura da organização. Esse é um dos pontos fundamentais para o engajamento dos colaboradores e a percepção positiva dos clientes. 

2. Não abra mão da ergonomia dos móveis

Com tantas opções lindas e charmosas, os olhos brilham diante do design dos móveis corporativos atuais. Mas a beleza não deve ser um fator decisivo na hora de comprar a mobília de seu escritório. 

O primeiro item a ser considerado é a ergonomia do mobiliário, afinal o colaborador precisa ter condições adequadas para a realização de seu trabalho e conforto. A boa notícia é que já é possível encontrar opções de móveis que unem design e ergonomia. Fique atento!

3. Prefira cores que estimulem a produtividade

Certamente, você já ouviu falar da influência das cores em nosso estado de espírito, não é? Então, aproveite essas propriedades e opte por aquelas que estimulem a produtividade em seu escritório, de acordo com a natureza do negócio (lembre-se da primeira dica). 

A palavra de ordem na escolha dos tons é equilíbrio, uma vez que os excessos podem gerar o efeito contrário ao que você deseja. Assim, considere os seguintes aspectos: 

  • dê preferência às cores neutras como base de sua paleta. Elas equilibram o visual e combinam bem com todas as tonalidades; 

  • considere o tamanho do espaço — se o escritório é pequeno, as cores claras são as mais recomendadas; 

  • para empresas tradicionais, os tons escuros (como marrom) são indicados, pois transmitem credibilidade e seriedade. Cuide apenas para que não fique uma atmosfera pesada, inserindo cores leves nos detalhes e objetos; 

  • as companhias que têm a criatividade na veia costumam usar tons estimulantes, como amarelo, laranja e turquesa. De fato, essas são ótimas opções — para balancear seus efeitos, mescle-os a cores neutras e suaves; 

  • as cores da marca gráfica são bem-vindas, mas harmonize-as com outras tonalidades. 

4. Opte por móveis funcionais para uma decoração de escritório empresarial

Siga, aqui, o mesmo raciocínio da dica sobre ergonomia, sobretudo se seu espaço é compacto. O mobiliário do escritório deve manter um padrão relacionado às atividades realizadas no local. Se você precisa de uma impressora em sua mesa, por exemplo, é importante reservar um lugar específico para ela. 

Por outro lado, nos setores mais tecnológicos, que precisam apenas de computadores e máquinas, não há motivo para colocar uma prateleira de papéis. Cada empresa (e, especificamente, cada departamento) tem uma necessidade própria, então leve isso em conta antes de escolher os móveis corporativos. 

5. Valorize a integração entre os setores

Ter áreas que funcionam juntas e atuam em sintonia para um objetivo global na empresa é uma das tendências dos modelos de gestão atuais. Notamos isso nas soluções tecnológicas, nas estratégias de RH e, também, na arquitetura corporativa. 

Grande parte dos escritórios é instalada em locais “open space”, onde as estações de trabalho estão todas juntas, sem divisões de espaço por departamento. Isso funciona bem para organizações que contam com equipes mais unidas e engajadas no propósito da marca. 

Ainda assim, você precisa ter um lugar mais reservado para tratar de assuntos sigilosos ou mesmo para tarefas que requerem silêncio e concentração? Tudo bem. É possível instalar divisórias de escritório com materiais suaves e transparentes que, ao mesmo tempo, garantem privacidade e fazem com que essa sala pertença ao conjunto do escritório. 

6. Leve a natureza para a decoração

Isso mesmo: conte com elementos naturais em seu projeto de decoração. Plantas e animais, por si só, são bonitos e enfeitam o ambiente. Há, ainda, quem afirme que o clima fica mais leve e as energias boas circulam com mais facilidade. 

Plantas que se adaptam a locais fechados e aquários são alternativas excelentes e que requerem menos cuidados. Elas não dão trabalho e elevam o visual de sua empresa. 

7. Use a iluminação estrategicamente

A última dica também é muito importante: escolha corretamente a iluminação. Antes de decidir sobre os sistemas de luz para uma decoração de escritório empresarial, observe dois fatores: o efeito visual e o conforto dos colaboradores. 

As luzes amareladas deixam o ambiente mais aconchegante, porém podem dificultar a leitura caso o local já seja escuro. As brancas, por outro lado, facilitam a leitura e a concentração, mas dão a sensação de frieza. Mais uma vez: é preciso ter equilíbrio! 

Quando bem pensada, uma decoração de escritório empresarial é aliada da produtividade, do bem-estar e da qualidade de vida de quem frequenta o espaço. Ela faz toda a diferença para seus públicos, principalmente clientes e colaboradores. Portanto, aproveite nossas dicas e torne seu espaço ainda mais estratégico. 

E então? Gostou das sugestões que demos neste artigo? Compartilhe-as nas redes sociais e ajude a levar conhecimento para seus amigos!